quarta-feira, 17 de julho de 2013

Mais um pouco de ESCRITA CRIATIVA


Liste sete coisas que poderiam acontecer às más pessoas. Depois escolha uma e explore-a.

(Se fossem oito Mandamentos, o oitavo maquiavélico seria passar um dia inteiro com o José Castelo-Branco a ouvir repetidamente o CD de Zé Cabra; ainda bem que são só sete…)

Bolinha vermelha no canto superior direito. Estão avisados.

Escolho aleatoriamente o 4º Mandamento para explorar: já está. Exploração concluída com sucesso. (Devo dizer, caríssimos, que ainda bem que sou boa pessoa - que caia já aqui um avião à minha frente, se eu estiver a mentir).

“… e não nos deixeis cair em tentação…”

1º – Arranhar um quadro de ardósia - asperíssimo! - três vezes por dia durante o resto dos seus dias. (Se a pessoa for mesmo muito má, acresce-se que trabalhe até à reforma sentado ao lado de um colega com bruxismo). Toma e arruma!

2º – Acabar-se a água sempre que tiver o champô no cabelo e imediatamente antes do milésimo de segundo dele cair nos olhos (e não haver toalhas por perto e o champô não ser Johnson para bebés). E agora?! (“Confesso a Deus, todo poderoso e a vós irmãos…”)

3º – Escorregar e partir um dente incisivo de cima, ao entrar como orador principal numa reunião importantíssima, com videoconferência para várias outras empresas, e ter que transmitir credibilidade e segurança para conseguir vender um produto. Aguenta-te, se puderes!

4º – Perceber que, num jantar romântico, acabou de trincar uma lesma que estava na alface e descobrir, ao chegar a casa, uma barata gigante na gaveta da lingerie. (Já ouço o Toy: “Sensual, és tão sensual, tens um ar de mulher fatal”… Ainda há clima?)

5º – Extração da unha do 1º dedo do pé (aaaaaaiiiiii!), antes de se obter o efeito da anestesia local. (F_ _ _ - SE! “… que pequei muitas vezes, por pensamentos, palavras, atos e omissões…”)

6º – Sentir a compulsão para besuntar-se com creme de malagueta, cada vez que tiver pensamentos maus (e tê-los várias vezes por dia). UUiii!

7º – Ter que dormir ad eternum com alguém que ressona em Si sustenido e com um mosquito Zuuum-zuuum insuportavelmente falador e esfomeado. (“… por minha culpa, minha tão grande culpa…”)

Sete Maquiavélicos Mandamentos. Vá de retro. Eu sou tão boazinha que tenho o céu garantido - posso falar à vontade.

(…)

- Aaahh, que nojo! Encontrei uma lesma na salada… e… Cadê o creme? Preciso urgentemente da malagueta… uuuiiiii que dor… Parti o dente!

 

“… mas livrai-nos do mal, Ámen.”


(Querem mais? Mais logo, no sítio habitual: DESCOMPLICÓMETRO)

Sem comentários:

Enviar um comentário

O que se diz por aí...