sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

A partir de amanhã haverá mão de homem

As visitas estão pelas ruas da amargura - pois claro, com  a (DES)inspiração que tem sido a regra, não podia esperar milagres. A partir de amanhã, o homem diz que vai dar uma ajuda. Eu não me responsabilizo. Pior do que está, não vai ficar (espero eu).

Ciao.

1 comentário:

  1. Com ou sem inspiração, gosto sempre de ler o que escreves. Agora vou estar atenta às novas ideias do teu homem. :)

    ResponderEliminar

O que se diz por aí...