quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Claro

Claro...
Que há dias claros;
Que há dias assim-assim;
Que há dias de cocó (que eu cá não digo "merda");
Que há começos felizes;
Que há finais infelizes;
Que há começos infelizes e finais felizes (começos infelizes e finais infelizes/ começos felizes e finais felizes);
Claro...
Claro que a contrapartida de haver o claro é haver o escuro.

Claro que sim.
Claro que não.
Claro que talvez.
Fui clara?

Sem comentários:

Enviar um comentário

O que se diz por aí...