quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

E se eu começar assim o "dito-cujo"?


Não estava à espera desse Amor - pelo menos não tão grande. Todos os Amores quando começam são infinitos e sem pontos; as vírgulas só servem para se respirar entre os beijos e tudo cabe nas reticências e nos pontos de exclamação.


Que tal?
Pode ser que dê!

Sem comentários:

Enviar um comentário

O que se diz por aí...